Check-list com acessibilidade pra você conhecer Petrópolis

A cidade Imperial foi o destino das nossas férias de 2018 em agosto, mas antes disso havíamos passado um final de semana para o casamento de um primo do Zé, porém não foi o suficiente para conhecer a cidade.

Praça da Liberdade - Petrópolis 2018

Decidimos por conhecer melhor, afinal é pertinho da nossa cidade, Juiz de Fora fica apenas 2 horas de distância.

Petrópolis é uma cidade linda, cheia de história pra contar. Algumas casas tem plaquinhas no portão que conta um pouco da sua história, a família que pertenceu e como foi construída. Além de todas as outras construções históricas, restaurantes e passeios. Vou contar sobre cada lugar que fomos, em detalhes pra vocês aqui embaixo!

Mas antes disso, vou fazer um check list acessível sobre Petrópolis:
  • Táxi adaptado: a frota de táxi adaptado tem em torno de 5 veículos, o contato esta na nossa lista de Táxi adaptados.
  • Transporte público adaptado: A cidade possui, frota adaptada pude ver alguns ônibus na rua mas não são todos, segundo o site da empresa Turb Petrópolis, eles seguem as normas ABNT para acessibilidade em ônibus urbanos para transporte de passageiros. 
  • Ruas e calçadas: As calçadas tem bastante emendas mas por onde passamos encontramos na maioria das ruas, rampas e a travessia elevada em alguns locais, isso facilita pois grande parte das ruas são de pedras ou paralelepípedos. Uma observação é a rapidez com que a secretaria de obras da cidade resolve os "problemas". 

No nosso primeiro dia ao atravessar uma rua havia um buraco na calçada, quando atravessamos, um guarda veio nos pedir desculpa pelo transtorno e que ele já havia notificado a secretaria de obras que havia um buraco e que seria resolvido. No dia seguinte passamos pelo lugar de manhã e já haviam pessoas trabalhando no local. Achamos muito legal a preocupação da prefeitura em manter as ruas seguras e principalmente a rapidez em resolver. - Ana

  • Vagas de estacionamento: Encontramos várias vagas destinadas a PNE e para essas vagas não são cobradas "área azul" ou "estacionamento rotativo", essas tem um limite de uso de 3 horas.
  • Calçada sensorial: Infelizmente não vi nenhuma calçada sensorial pelos lugares que passamos.

Fiquem de olho que em breve teremos um resumo especial sobre cada ponto turístico que visitamos nessa cidade fantástica que é Petrópolis.





Tecnologia do Blogger.
voltar ao topo